Nada como um dia após o outro...

Ir em baixo

Nada como um dia após o outro... Empty Nada como um dia após o outro...

Mensagem  Fênix em Ter Maio 20, 2014 11:13 pm

Olá amigos, hj está começando o meu 17° sem masturbação... em vinte anos nunca consegui chegar tão longe, há 3 dias atrás acabei vendo um vídeo pornô, mas não me masturbei. o que parecia uma nova recaída acabou sendo uma demonstração de que eu realmente quero sair dessa droga de vício, mas esse vídeo que vi, de aproximadamente uns 5 minutos, me mostrou que tenho que ficar mais esperto, nessa brecha que dei poderia ter estragado tudo, mas caí na real em tempo, a 3 dias atrás estava quase recaindo, parecia que ia ficar louco de tanta vontade de me masturbar, mas consegui segurar a vontade, afinal de contas já esperava por ela, já que depois de mais de 20 anos no vício da masturbação era óbvio que meu cérebro e meu corpo iriam fazer de tudo pra não me deixar sair...
Quando estava quase caindo, eu disse pra mim mesmo: É isso mesmo que vc quer? Jogar tudo pro alto e continuar sendo um fracassado que fica em casa se masturbando e vendo pornografia? A resposta foi: NÃO! Desliguei o computador e fui fazer uma oração pedindo pra Deus a força para continuar firme.
Hj olhando para trás vi que iria fazer uma tremenda burrada, tudo aquilo não passava de impulso, nesse exato momento estou mais confiante do que nunca, tenho certeza que não voltarei nunca mais para o vício da masturbação, é como disse outras vezes: já perdi mais de 20 anos da minha vida nisso, não quero perder nem mais um minuto, hj vejo que sem masturbação tudo é melhor, até um simples passeio no parque é muito mais prazeroso, a vontade de voltar pro vício é momentânea, aguentem firme, ela vai passar, pode até demorar, mas passará, nem pareço ser o mesmo cara que há 3 dias atrás estava quase caindo... Como disse no título do tópico: Nada como um dia após o outro...
Fênix
Fênix

Mensagens : 523
Reputação : 78
Data de inscrição : 02/05/2014
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Nada como um dia após o outro... Empty Re: Nada como um dia após o outro...

Mensagem  Magrao em Qua Maio 21, 2014 12:31 am

Fênix escreveu:Olá amigos, hj está começando o meu 17° sem masturbação... em vinte anos nunca consegui chegar tão longe, há 3 dias atrás acabei vendo um vídeo pornô, mas não me masturbei. o que parecia uma nova recaída acabou sendo uma demonstração de que eu realmente quero sair dessa droga de vício, mas esse vídeo que vi, de aproximadamente uns 5 minutos, me mostrou que tenho que ficar mais esperto, nessa brecha que dei poderia ter estragado tudo, mas caí na real em tempo, a 3 dias atrás estava quase recaindo, parecia que ia ficar louco de tanta vontade de me masturbar, mas consegui segurar a vontade, afinal de contas já esperava por ela, já que depois de mais de 20 anos no vício da masturbação era óbvio que meu cérebro e meu corpo iriam fazer de tudo pra não me deixar sair...
Quando estava quase caindo, eu disse pra mim mesmo: É isso mesmo que vc quer? Jogar tudo pro alto e continuar sendo um fracassado que fica em casa se masturbando e vendo pornografia? A resposta foi: NÃO! Desliguei o computador e fui fazer uma oração pedindo pra Deus a força para continuar firme.
Hj olhando para trás vi que iria fazer uma tremenda burrada, tudo aquilo não passava de impulso, nesse exato momento estou mais confiante do que nunca, tenho certeza que não voltarei nunca mais para o vício da masturbação, é como disse outras vezes: já perdi mais de 20 anos da minha vida nisso, não quero perder nem mais um minuto, hj vejo que sem masturbação tudo é melhor, até um simples passeio no parque é muito mais prazeroso, a vontade de voltar pro vício é momentânea, aguentem firme, ela vai passar, pode até demorar, mas passará, nem pareço ser o mesmo cara que há 3 dias atrás estava quase caindo... Como disse no título do tópico: Nada como um dia após o outro...

Fênix, sua determinação está muito boa, mas talvez não tenha ficado claro uma questão conceitual. O mais grave de tudo é o ver pornografia. Ela é o motor de tudo isso que nos afeta. Afinal, a Masturbação não teria graça sem pornografia (ou sem fantasias, que são pornografia já internalizada no nosso cérebro), teria? Não teria graça.

Embora eu também foque mais a questão da Masturbação (pois minha dificuldade é lidar com as fantasias, pornografia internalizada), eu reconheço que o principal é ficar sem Pornografia. Claro que se você se masturba mesmo que sem pornô, o "efeito caçador" vai te puxar de volta para a pornografia. Então, uma coisa está encadeada com outra: pornografia, masturbação, fantasias. Mas a força que deu origem a esse ciclo vicioso e a que faz expandir esse ciclo vicioso é a pornografia.

Então, talvez fosse interessante você criar dois contadores, como eu fiz. Um para número de dias sem masturbação e outro para número de dias sem pornografia. Porque se você viu pornô, mesmo que não tenha se masturbado, não deve se enganar. Deve recomeçar a contagem de dias. Agora, na minha opinião, você pode continuar contando o número de dias sem masturbação. Mas o número de dias sem pornografia, deve contar desde a última vez que viu pornô (mesmo que nessa última vez você não tenha se masturbado).

PS: não sei se os outros usuários aqui concordam... Mas talvez masturbar-se com fantasias seja reforçar a rede neural do vício. E ver pornografia seria expandir a rede neural do vício (e adicionar mais fantasias à "biblioteca pornô" cerebral). No nosso caso, ambas são prejudiciais. Mas a pornografia, se esse olhar estiver correto, seria ainda mais grave. O que acham?

Me baseio nesse ciclo mostrado neste vídeo: http://vivasempornografia.blogspot.com.br/2014/01/a-ciencia-do-vicio-em-pornografia.html

_________________
Nada como um dia após o outro... 1n8xf75zdhc
Nada como um dia após o outro... Img?u=6491850416324608
Magrao
Magrao

Mensagens : 328
Reputação : 62
Data de inscrição : 02/03/2014

http://www.vivasempornografia.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Nada como um dia após o outro... Empty Re: Nada como um dia após o outro...

Mensagem  Fênix em Qua Maio 21, 2014 7:21 pm

Magrao escreveu:
Fênix escreveu:Olá amigos, hj está começando o meu 17° sem masturbação... em vinte anos nunca consegui chegar tão longe, há 3 dias atrás acabei vendo um vídeo pornô, mas não me masturbei. o que parecia uma nova recaída acabou sendo uma demonstração de que eu realmente quero sair dessa droga de vício, mas esse vídeo que vi, de aproximadamente uns 5 minutos, me mostrou que tenho que ficar mais esperto, nessa brecha que dei poderia ter estragado tudo, mas caí na real em tempo, a 3 dias atrás estava quase recaindo, parecia que ia ficar louco de tanta vontade de me masturbar, mas consegui segurar a vontade, afinal de contas já esperava por ela, já que depois de mais de 20 anos no vício da masturbação era óbvio que meu cérebro e meu corpo iriam fazer de tudo pra não me deixar sair...
Quando estava quase caindo, eu disse pra mim mesmo: É isso mesmo que vc quer? Jogar tudo pro alto e continuar sendo um fracassado que fica em casa se masturbando e vendo pornografia? A resposta foi: NÃO! Desliguei o computador e fui fazer uma oração pedindo pra Deus a força para continuar firme.
Hj olhando para trás vi que iria fazer uma tremenda burrada, tudo aquilo não passava de impulso, nesse exato momento estou mais confiante do que nunca, tenho certeza que não voltarei nunca mais para o vício da masturbação, é como disse outras vezes: já perdi mais de 20 anos da minha vida nisso, não quero perder nem mais um minuto, hj vejo que sem masturbação tudo é melhor, até um simples passeio no parque é muito mais prazeroso, a vontade de voltar pro vício é momentânea, aguentem firme, ela vai passar, pode até demorar, mas passará, nem pareço ser o mesmo cara que há 3 dias atrás estava quase caindo... Como disse no título do tópico: Nada como um dia após o outro...

Fênix, sua determinação está muito boa, mas talvez não tenha ficado claro uma questão conceitual. O mais grave de tudo é o ver pornografia. Ela é o motor de tudo isso que nos afeta. Afinal, a Masturbação não teria graça sem pornografia (ou sem fantasias, que são pornografia já internalizada no nosso cérebro), teria? Não teria graça.

Embora eu também foque mais a questão da Masturbação (pois minha dificuldade é lidar com as fantasias, pornografia internalizada), eu reconheço que o principal é ficar sem Pornografia. Claro que se você se masturba mesmo que sem pornô, o "efeito caçador" vai te puxar de volta para a pornografia. Então, uma coisa está encadeada com outra: pornografia, masturbação, fantasias. Mas a força que deu origem a esse ciclo vicioso e a que faz expandir esse ciclo vicioso é a pornografia.

Então, talvez fosse interessante você criar dois contadores, como eu fiz. Um para número de dias sem masturbação e outro para número de dias sem pornografia. Porque se você viu pornô, mesmo que não tenha se masturbado, não deve se enganar. Deve recomeçar a contagem de dias. Agora, na minha opinião, você pode continuar contando o número de dias sem masturbação. Mas o número de dias sem pornografia, deve contar desde a última vez que viu pornô (mesmo que nessa última vez você não tenha se masturbado).

PS: não sei se os outros usuários aqui concordam... Mas talvez masturbar-se com fantasias seja reforçar a rede neural do vício. E ver pornografia seria expandir a rede neural do vício (e adicionar mais fantasias à "biblioteca pornô" cerebral). No nosso caso, ambas são prejudiciais. Mas a pornografia, se esse olhar estiver correto, seria ainda mais grave. O que acham?

Me baseio nesse ciclo mostrado neste vídeo: http://vivasempornografia.blogspot.com.br/2014/01/a-ciencia-do-vicio-em-pornografia.html
Olá Magrão, concordo com quase tudo que vc escreveu, menos que o mais grave é ver pornografia, até porque não há como fujir disso, uma hora ou outra nosso cérebro vai se lembrar de algum pornô que vimos anteriormente, na tv ou até mesmo na rua vamos acabar vendo (querendo ou não) imagens sensuais/eróticas, isso não é só encontrado somente nos sites de pornografia, no próprio Youtube há videos extremamente sensuais, quando digo que pra mim foi uma vitória ter visto pornô e não ter me masturbado não estou tentando encobrir uma recaída, mas sim dizer que poderia ter sido muito pior se também tivesse me masturbado, e foi a primeira vez que vi pornô e não me masturbei, então vi ali uma grande evolução...
Não estou aqui fazendo apologia da pornografia, muito pelo contrário, ao ver pornô eu errei, e não estou incentivando ninguém a ver pornografia para testar se aguenta ver sem se masturbar, no meu caso eu costumava me masturbar vendo pornô ou não vendo, por isso para mim a masturbação é o mais grave, bloqueadores no computador são importantes, mas a verdade é que todos eles possuem falhas, portanto se mesmo com eles instalados a pessoa quiser ver pornô, ela vai acabar vendo, por isso digo que bloqueadores no PC não adiantam se nós mesmos não estivermos "bloqueados"... Ás vezes nós nos preocupamos demais com a análise técnica das coisas, e acabamos nos esquecendo da pratica, e eu entendo que fujir totalmente de cenas de erotismo é impossível, já que andando na rua vc pode ver uma mulher de mini-saia e com cara de safada e achar aquilo até mais excitante do que um video pornô, no mais agradeço suas dicas, tenho muito respeito e admiração por vc e respeito sua opinião, um grande abraço.
Fênix
Fênix

Mensagens : 523
Reputação : 78
Data de inscrição : 02/05/2014
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Nada como um dia após o outro... Empty Re: Nada como um dia após o outro...

Mensagem  Guilherme em Qua Maio 21, 2014 8:16 pm

Magrao e projetosabedoria, na teoria, eu até concordo com o que vocês dizem sobre ver filme pornô e não se masturbar. Mas eu não acho legal a pessoa, quando está no reboot, ficar com esse tipo de pensamento. Como Fênix disse e eu confirmo, de um jeito ou de outro acabaremos nos deparando com algum tipo de pornografia na nossa frente, então, se sempre que vermos pornografia ficarmos pensando que foi uma recaída, ou que voltamos ao vício e que agora não tem mais volta, e que é só esperar mais 90 dias, a pessoa se frustra e pode acabar botando tudo a perder. Eu não estou falando que é legal você assistir pornografia por vontade própria, procurar isso conscientemente. Eu apoio totalmente fugirmos disso o quanto possível; mas como eu disse, pode acontecer algum imprevisto que você acabe se deparando com pornografia em qualquer lugar: na televisão, ou no computador, na ocasião em você chega em casa e se depara com o seu irmão vendo isso, ou você vê seus amigos vendo isso em algum lugar, por exemplo. Então isso seria uma recaída? Acho que não.

Eu sei que no caso do Fênix foi ele mesmo que foi lá, procurou o vídeo pornô e assistiu. Porém isso foi a necessidade de seu corpo, a não ser se ele queria exatamente fazer isso e colocar tudo a perder. O que eu quero dizer é que, do fato dele não ter se masturbado, foi uma vitória. Ele se deparou vendo pornô na tela de seu computador, e teve a determinação necessária para não se masturbar e fechar o vídeo. Agora deixa eu te dizer o que aconteceria se ele pensasse como você, que seria uma recaída se ele tivesse vendo aquilo: ele se afundaria mais no vício, pois ele não tinha nada mais a perder, ele já estaria novamente na contagem 0 do vício. O que aconteceria ainda? Ele teria um efeito caçador, provavelmente, se masturbaria o resto do dia e talvez até no outro dia. Com isso ele poderia ficar frustrado e desistir de tudo.

Pode ser que, no final, eu esteja errado. Mas eu acho que quando a pessoa pensa que ela recai se ela vê pornografia, ela pode se afundar ainda mais no vício, pois ela já colocou tudo a perder. Quando você luta contra um vício, eu acho que, para alcançar aquele objetivo (o de acabar com esse vício), você deve usar de todos os meios para isso. Zerando o seu contador eu acho que causaria mais frustração, e poderia interromper o reboot. E essa não é uma hora dele ter frustração; essa é uma hora dele comemorar, pois ele não se masturbou na frente do computador e não colocou tudo a perder. Ele tem que mostrar ao seu organismo que isso é bom, desviar dos instintos sexuais na frente do computador e mostrar que aquele lugar não vai liberar mais tanta dopamina quanto antes, o que ele fez. Mas apesar de tudo, sempre consciente que não é legal ver vídeos pornôs, e eu tenho certeza que ele sabe disso.

Eu estou falando tanto nisso, pelo fato de na minha última recaída eu estar navegando pela internet e ter me deparado com um vídeo pornô. Eu sei que não foi totalmente inconsciente isso, mas eu abri o vídeo, e eu sei que na hora que eu abri o vídeo, naqueles 20 segundos iniciais eu poderia ter interrompido o vídeo e parado. Mas como vocês já tinham falado antes que se ver pornô já recai, então eu, como já estava muito excitado e meu corpo estava louco para arrumar qualquer justificativa para voltar ao vício, eu imaginei que não faria diferença se eu continuasse vendo aquele vídeo, e depois visse mais outro e... mais outro. Eu acabei reforçando muito mais a minha dependência do que eu reforçaria se eu só tivesse visto 15 segundos de pornô eu não tivesse me masturbado.

Na minha opinião o Fênix tem mais a perder zerando o contador do que não zerando. Mas aí vocês podem falar: "Mas então ele não está fazendo o reboot corretamente". Não importa. O que importa é que agora ele vai fazer de tudo para não ver mais pornografia em frente ao computador, ele aprendeu a lição.
Guilherme
Guilherme

Mensagens : 127
Reputação : 26
Data de inscrição : 07/04/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Nada como um dia após o outro... Empty Re: Nada como um dia após o outro...

Mensagem  Magrao em Qui Maio 22, 2014 2:27 am

Fênix escreveu:Olá Magrão, concordo com quase tudo que vc escreveu, menos que o mais grave é ver pornografia, até porque não há como fujir disso, uma hora ou outra nosso cérebro vai se lembrar de algum pornô que vimos anteriormente, na tv ou até mesmo na rua vamos acabar vendo (querendo ou não) imagens sensuais/eróticas, isso não é só encontrado somente nos sites de pornografia, no próprio Youtube há videos extremamente sensuais, quando digo que pra mim foi uma vitória ter visto pornô e não ter me masturbado não estou tentando encobrir uma recaída, mas sim dizer que poderia ter sido muito pior se também tivesse me masturbado, e foi a primeira vez que vi pornô e não me masturbei, então vi ali uma grande evolução...
Não estou aqui fazendo apologia da pornografia, muito pelo contrário, ao ver pornô eu errei, e não estou incentivando ninguém a ver pornografia para testar se aguenta ver sem se masturbar, no meu caso eu costumava me masturbar vendo pornô ou não vendo, por isso para mim a masturbação é o mais grave, bloqueadores no computador são importantes, mas a verdade é que todos eles possuem falhas, portanto se mesmo com eles instalados a pessoa quiser ver pornô, ela vai acabar vendo, por isso digo que bloqueadores no PC não adiantam se nós mesmos não estivermos "bloqueados"... Ás vezes nós nos preocupamos demais com a análise técnica das coisas, e acabamos nos esquecendo da pratica, e eu entendo que fujir totalmente de cenas de erotismo é impossível, já que andando na rua vc pode ver uma mulher de mini-saia e com cara de safada e achar aquilo até mais excitante do que um video pornô, no mais agradeço suas dicas, tenho muito respeito e admiração por vc e respeito sua opinião, um grande abraço.

Fênix, a minha situação é igual a sua. Meu maior problema também é a masturbação (com fantasias). Não é a pornografia em si. Mas mesmo assim eu não posso deixar de dizer que, para o cérebro humano, a pornografia é um problema maior que a masturbação, mesmo esta sendo - no hoje - o problema mais imediato para mim e para você. Não há graça na masturbação se não for a pornografia (externa ou internalizada em forma de fantasias). Foi a pornografia que nos botou nesse buraco do qual só agora estamos saindo. Ela é o mais grave, embora não o mais difícil de se ficar longe (no nosso caso).

Sobre o contador a que o Guilherme se referiu, eu não recomendei zerá-lO - até porque sou adepto, como escrevi, de que se tenham 2 contadores. Criar dois contadores e passar a contar as coisas separadamente. Desde o início minha meta sem pornografia era de 120 dias. O "foda" era ficar sem masturbação, isso era dia após dia. Exatamente como você. Então, para não desanimar, criei esses dois contadores, porque se recaísse em um (me masturbasse, por exemplo), ao menos não teria visto pornografia (e adicionado ainda mais imagens pornôs ao cérebro). Acho que o problema de contarmos P+M+O conjuntamente é isso: se recaímos em um, zeramos todo o contador e aí desanimamos. Por isso acho legal contar P e separadamente MO. No seu caso, não vejo problemas em você contabilizar os mais de 17 dias que está sem MO (porra, é difícil pra caralho ficar todo esse tempo sem se masturbar! É sim uma puta vitória). Mas quanto a P é importante não se enganar. Não dá pra dizer que você está há 17 dias sem P se você viu um vídeo esses dias.

Eu concordo que ver pornografia sem masturbação e orgasmo é menos prejudicial que PMO. Mas, por outro lado, é papel nosso aqui do fórum dar um alerta de que isso, ainda assim, continua prejudicial. Já pensou se não falássemos nada? Acredito que seria muito pior, se não para você, para a comunidade o seria (porque muitos vão ler essas postagens aqui).

Sobre a questão de recaída, na minha opinião (cada um pode ter seu modo de ver, portanto, não é uma verdade universal isso aqui) recaída pra mim não é esbarrar com um vídeo sensual no youtube, nem ver uma mulher gostosa na rua e eventualmente se pegar fantasiando com ela (embora tenhamos que evitar fantasias).

Recaída (em P) na minha opinião é você esbarrar (ou pior: buscar) um vídeo pornô e não aguentar, clicar e começar a assisti-lo (inclusive deixando o vício racionalizar: "bom, isso aqui não faz tão mal"... "ok, já que vi 15 segundos já está tudo perdido mesmo. Vamos ver o resto do vídeo"...). É diferente de você esbarrar com um outdoor com uma garota de calcinha na rua. Está ligado a um comportamento, a uma ação e a um hábito, os quais não conseguimos controlar. A chamada compulsão. Eu foco tanto na questão de sair de casa justamente porque nosso vício é comportamental, está ligado a esse comportamento de ir procurar um vídeo pornô, criar uma justificativa racional para si próprio, etc.

O outdoor na rua é inevitável, aparece inesperadamente. A mulher gostosa na rua, também. O buscar um vídeo, clicar nele, esperar carregar e assistir, isso é evitável. Recaída, na minha opinião, exige uma ação sua. O outdoor que passa na sua frente não é uma ação sua. Mas você clicar num vídeo pornô, esperar carregar e assisti-lo são ações suas. Acho que o reboot é sobretudo uma ferramenta para retomarmos o controle sobre nossas próprias ações. Ferramenta para vencer a compulsão.

PS: só pra ficar claro como enxergo a questão pra mim: se eu entrar um site pornô e começar a ver pornografia, eu recai no meu contador de P e devo zerá-lo. Mas não vou zerar meu contador de MO. E vice-versa. Se eu me masturbar, não vou zerar meu contador de P. É claro que qualquer uma dessas recaídas atrasa o processo, reforça ou expande a rede neural do vício, etc. Mas eu creio que essa é melhor maneira de você levar a coisa, até engrenar e ver que consegue ficar sem P e MO e não recair em nenhuma delas. Mas é preciso não se auto-enganar quando recair. Até porque se não houvesse esse "medo de recair", acho que eu já teria ido ver pornografia faz tempo. Ter de zerar um desses contadores é uma das coisas que me faz impedir de recair. Enfim, eis o que funciona pra mim, não sou dono da verdade e também estou aprendendo com todo mundo aqui. Pode ser que para você seja diferente. Abraço.

_________________
Nada como um dia após o outro... 1n8xf75zdhc
Nada como um dia após o outro... Img?u=6491850416324608
Magrao
Magrao

Mensagens : 328
Reputação : 62
Data de inscrição : 02/03/2014

http://www.vivasempornografia.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Nada como um dia após o outro... Empty Re: Nada como um dia após o outro...

Mensagem  projetosabedoria em Qui Maio 22, 2014 2:55 pm

Caros colegas, já vi de tudo um pouco aqui, dei a minha contribuição na medida do possível e penso que os mais de 70 posts foram suficientes para elucidar as principais questões sobre o vício em pornografia. A maioria das pessoas sinceras e maduras que entrarem aqui terão informações suficientes para se curarem da pornografia se quiserem, bem como o apoio de membros que já pararam.

Mas eu não tenho mais tempo a perder aqui no fórum. Minha meta é, sempre foi e continua sendo ajudar as pessoas a pararem com a pornografia. E não a ajudarem a se enganar e ser conivente com as mentiras que elas contam para elas mesmas. Se assim o fizesse estaria indo contra essa minha meta. Passar a mão na cabeça de vocês só para não perder a amizade e o "prestígio dos amigos do fórum" (essa migalha que vocês acham que é grande coisa) não faz parte da minha meta. Por isso essa é a minha última participação aqui.

A partir de hoje só vou dedicar o meu tempo e atenção para com aqueles que estão realmente decididos a parar com esse vício e que isso seja uma questão realmente importante, fundamental e urgente em suas vidas. No meu site existe um formulário de contato para quem quiser falar comigo e em breve abrirei um espaço próprio para as discussões coletivas, mas que será mediado por mim, dentro de critérios mais rigorosos e com a participação de pessoas selecionadas, as quais terão uma meta específica e contarão com a minha ajuda de forma mais direta. A todos vocês e aos demais que estão contentes com esse miserento estado em que se encontram devido ao vício em pornografia, tenho apenas uma última consideração a fazer...

...Enrolem-se num lindo colchão de palavras e durmam!


Até.
projetosabedoria
projetosabedoria
Moderador

Mensagens : 70
Reputação : 17
Data de inscrição : 03/03/2014

http://vicioempornografiacomoparar.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Nada como um dia após o outro... Empty Re: Nada como um dia após o outro...

Mensagem  Guilherme em Qui Maio 22, 2014 7:20 pm

Eu sei que o projetosabedoria colocou "Enrolem-se num lindo colchão de palavras" só para nós não mais falarmos sobre isso, uma forma de repressão para quem quer comentar com uma opinião diferente da dele.

Eu até comecei a escrever aqui sobre todas as coisas que o projetosabedoria entendeu errado, mas isso não compensa não. Se num fórum nós não podemos expressar o que a gente pensa ou o que a gente sente, se a gente não pode dar dicas para os amigos, pegar o que aconteceu com você e falar pra ele não repetir o mesmo erro, não sei pra que serve o fórum. Tudo que a gente fala pra ele é "tentando justificar a pornografia", e eu ainda deixei claro que eu não apoio de jeito nenhum ver pornografia. Falei que ele devia achar bom de não ter se masturbado vendo pornografia, porque eu acho que ele liberaria mais dopamina vendo o vídeo e o vício cresceria mais. O que é melhor, uma pequena excitação enquanto acontece um hábito ruim, ou uma grande excitação enquanto você está sujeito à esse hábito ruim? Todo vício se cria assim, através de uma ótima sensação enquanto você está sujeito à ele. Quanto melhor for essa sensação, mais viciado você fica. Por isso eu não apoiei o orgasmo dele enquanto via pornografia.

Eu concordo com o Magrão que não pode estar tudo perdido se ele ver um vídeo pornô e se segurar para não gozar. Pelo menos do fato dele conseguir segurar para não gozar, já foi algum desenvolvimento, alguma imposição do racional sobre o instinto, por isso ele teria que criar dois contadores: um para M e O e um para P. Aí pelo menos ele conta o desenvolvimento que ele teve em M e O. Seria muito pior se ele pensasse que daria na mesma masturbar e não masturbar em frente ao pc. Então, como ele conseguiu não se masturbar, ele tem que deixar o contador de M e O intacto. Eu sei que nem contador ele mostra aqui, e mesmo se mostrasse, seria uma coisa simbólica, mas é um símbolo que nos dá motivação.

Projetosabedoria acha que eu tento colocar a culpa em tudo, menos em mim para o meu vício. Isso, pelo tópico que eu criei sobre proibir a pornografia na internet. Foi só um tópico de discussão atoa, um off-topic, é claro que eu sei que eu não posso mudar isso. Eu só achava que, como o governo pode proibir drogas químicas porque faz mal à população, pode proibir também a pornografia na internet. Mas isso não faz a menor diferença pra mim, eu só queria discutir atoa para impedir as outras pessoas de sofrerem com isso. Mas foda-se também.

Ele pensa que nós nunca vemos pornografia quando não temos controle. Esses dias meu colega me mostrou uma foto de uma mulher nua no celular sem eu querer.

"Mas como vocês já tinham falado antes que se ver pornô já recai, então eu, como já estava muito excitado e meu corpo estava louco para arrumar qualquer justificativa para voltar ao vício, eu imaginei que não faria diferença se eu continuasse vendo aquele vídeo, e depois visse mais outro e... mais outro." Isso foi o que eu disse, e mesmo falando "meu corpo estava louco para arrumar qualquer justificativa para voltar ao vício", ele não entendeu que foi uma justificativa que eu arrumei de momento, pois o vício nos faz isso, tenta arrumar todas as justificativas para voltar ao vício. Eu enfatizei isso para mostrar que eu não acho que realmente foi culpa do Magrao e do projetosabedoria, mas olha o que esse último disse:

"Haha! Agora a culpa é nossa então! (percebam o mecanismo de projeção da culpa do Guilherme, desde que entrou no fórum ele faz isso). Coitadinho de você né... vive num mundo oprimido pelo "ócio e pela pornografia". Acho que devíamos fazer uma campanha para arrecadar dinheiro pra ti. Quem sabe convencer o governo a exterminar os produtores de filmes pornô, colocar eles na câmera de gás, prender as atrizes, os donos de provedores da internet, já que eles é que "são a raiz do mal" e não tem outro jeito de parar se não fizermos alguma coisa externa.

Ou então punir aqueles que lhe dizem a verdade que SIM, realmente não vai fazer diferença você não se masturbar se continuar assistindo pornografia. " Ele pensou que eu quis colocar a culpa em vocês mesmos.

Eu nunca quis dizer que o reboot não funciona, aliás, como o projetosabedoria entendeu assim, esse alvoroço todo foi porque ele achou que eu estava desconfiando do método "indesconfiável" que ele nos deu. A única coisa que eu estava em dúvida era sobre essa questão do método, e não sobre ele todo. E mesmo se fosse sobre o método todo, o que que tem? Ele é sagrado por acaso? Todas as pessoas precisam de seguir o que eu estou falando como verdade, porque, afinal, ele sempre falou que ele respondia esses comentários por "medo de que os outros usuários vessem e fossem influenciados" ou algo assim. Eu nunca duvidei do método inteiro ou da teoria neurocientífica, a não ser quando eu tinha recaído eu deixei transpassar isso, mas eu estava muito frustrado.

No final de tudo, o projetosabedoria tinha que entender todas as nossas dúvidas, os nossos medos, pois ele já passou por isso também, mas pelo jeito parece que não. Ele e com esse todo "complexo de superioridade", deu um basta nisso tudo, dizendo que "cansou de responder essas coisas, não quer perder tempo com perdedores ou pessoas menos inteligentes que ele." Ignorou todo o fórum dizendo que tem uma coisa bem melhor em seu site, e desrespeitou a todos os que passam por esse vício terrível, dizendo  "A todos vocês e aos demais que estão contentes com esse miserento estado em que se encontram devido ao vício em pornografia, tenho apenas uma última consideração a fazer...

...Enrolem-se num lindo colchão de palavras e durmam!" Se a gente está no fórum procurando ajuda é porque a gente não está contente com esse estado.

Contudo, segundo ele, não precisaria de fórum, não precisaria de expor os seus sentimentos, o que você pensa, o que você tem dúvida. Tudo está no e-book e é só seguir que está tudo certo.

Eu acho que eu nem vou falar nada mais, não tem porque falar, o método está aí, é só você segui. Não adianta perguntar, nem responder, nem nada, "tudo está no e-book"!!!


Última edição por Guilherme em Qui Maio 22, 2014 8:44 pm, editado 2 vez(es)
Guilherme
Guilherme

Mensagens : 127
Reputação : 26
Data de inscrição : 07/04/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Nada como um dia após o outro... Empty Re: Nada como um dia após o outro...

Mensagem  Guilherme em Qui Maio 22, 2014 7:24 pm

Foi uma atitude de criança do projetosabedoria sair do fórum e abandonar todo mundo só por causa de uns que ele desentendeu. Todos não podiam pagar pelo feito de uns. O pior ainda é que ele ficou zuando tudo o que eu falei e não demonstrou uma atitude de uma pessoa "sincera e madura", como ele mesmo disse, e só argumentar sem partir para a agressão. A única coisa que eu quis fazer é ajudar, e se for para ser condenado por uma ajuda, eu prefiro nem ajudar.

Guilherme
Guilherme

Mensagens : 127
Reputação : 26
Data de inscrição : 07/04/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Nada como um dia após o outro... Empty Re: Nada como um dia após o outro...

Mensagem  Admin em Qui Maio 22, 2014 8:29 pm

Gostaria de acrescentar uma coisa aqui, vi o pessoal falando que é impossível não ver pornografia porque até saindo na rua você vê uma mulher gostosa e etc... em um dos vídeos que eu postei o cara fala que isso não é ver pornografia, você estar andando na rua e de repente olhar pra uma banca e ver a capa de uma playboy não é pornografia, olhar uma mulher na rua não é pornografia, acho que a coisa se torna porno dependendo dos pensamentos que virão após você ver essas coisas, pois ai sim você estará colocando as áreas responsáveis pela excitação em atividade, é como falaram ai, pornografia é fantasia e masturbação também, é impossível se masturbar sem fantasiar.

Sobre o contador eu pelo menos mantenho um só, pois a orientação é evitar PMO, e acho que por exemplo se masturbar sem orgasmo (coisa que pra mim não tem sentido nenhum)ou ver pornografia sem masturbação já caracteriza recaída geral, concordo com tudo que o projeto disse, não concordo com a forma com que foi dita, acho que existem formas e formas de se falar as coisas, ai vai de cada um...
O contador é algo individual mesmo, no meu caso eu acho que o melhor é um pra tudo porque se não você vai se masturbar e zerar um só e os outros vão continuar rodando e você não vai aproveitar o ponto chave da recaída que é a frustração que vocês estão tentando evitar, uma vez eu vi uma crítica que um cara fez ao governo com esse sistema de aprovar todo mundo nas escolas porque se não o aluno fica desanimado de estudar, o cara disse "Que mania das pessoas de querer evitar o sofrimento em tudo, como se o sofrimento não fizesse parte da vida", é claro que ninguém quer sofrer, mas o sofrimento também é necessário pra você se tornar alguém melhor, é o mesmo que seu filho receber todo dia reclamação que esta bagunçando na escola e você ficar passando a mão na cabeça dele pra ele não sofrer com um castigo, eu mesmo tenho uma teoria que nada pode mudar o ser humano a não ser o sofrimento, sem sofrimento não há mudança alguma, o cara tem que apanhar pra aprender, e a vida bate onde dói mais, é que nem mãe quando da conselho pro filho e ele vai la e faz o contrário do que ela falou e quebra a cara, e ai sim aprende que aquilo era errado, a dor é necessária.
E nesse caso a frustração também é necessária, pra mim se você fez P, M ou O deve zerar o contador, você se sente um lixo, um fracasso mas isso vai servir pra você não querer recair de novo, em todas as minhas recaídas eu me lembrei de como me senti mal após recair e escapei de várias por isso, sempre pensava que não queria me sentir daquele jeito nunca mais, hoje mesmo vou zerar meu contador porque me masturbei ontem, mesmo sem porno, é uma merda zerar isso mas também cada vez que eu vejo que o contador esta no começo eu vejo que eu sou um merda e preciso parar já com isso.

_________________
Nada como um dia após o outro... 1jqlqvwzbb4
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 111
Reputação : 19
Data de inscrição : 24/02/2014

https://apoio.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Nada como um dia após o outro... Empty Re: Nada como um dia após o outro...

Mensagem  Guilherme em Sex Maio 23, 2014 1:42 pm

Admin escreveu:Gostaria de acrescentar uma coisa aqui, vi o pessoal falando que é impossível não ver pornografia porque até saindo na rua você vê uma mulher gostosa e etc... em um dos vídeos que eu postei o cara fala que isso não é ver pornografia, você estar andando na rua e de repente olhar pra uma banca e ver a capa de uma playboy não é pornografia, olhar uma mulher na rua não é pornografia, acho que a coisa se torna porno dependendo dos pensamentos que virão após você ver essas coisas, pois ai sim você estará colocando as áreas responsáveis pela excitação em atividade, é como falaram ai, pornografia é fantasia e masturbação também, é impossível se masturbar sem fantasiar.

Sobre o contador eu pelo menos mantenho um só, pois a orientação é evitar PMO, e acho que por exemplo se masturbar sem orgasmo (coisa que pra mim não tem sentido nenhum)ou ver pornografia sem masturbação já caracteriza recaída geral, concordo com tudo que o projeto disse, não concordo com a forma com que foi dita, acho que existem formas e formas de se falar as coisas, ai vai de cada um...
O contador é algo individual mesmo, no meu caso eu acho que o melhor é um pra tudo porque se não você vai se masturbar e zerar um só e os outros vão continuar rodando e você não vai aproveitar o ponto chave da recaída que é a frustração que vocês estão tentando evitar, uma vez eu vi uma crítica que um cara fez ao governo com esse sistema de aprovar todo mundo nas escolas porque se não o aluno fica desanimado de estudar, o cara disse "Que mania das pessoas de querer evitar o sofrimento em tudo, como se o sofrimento não fizesse parte da vida", é claro que ninguém quer sofrer, mas o sofrimento também é necessário pra você se tornar alguém melhor, é o mesmo que seu filho receber todo dia reclamação que esta bagunçando na escola e você ficar passando a mão na cabeça dele pra ele não sofrer com um castigo, eu mesmo tenho uma teoria que nada pode mudar o ser humano a não ser o sofrimento, sem sofrimento não há mudança alguma, o cara tem que apanhar pra aprender, e a vida bate onde dói mais, é que nem mãe quando da conselho pro filho e ele vai la e faz o contrário do que ela falou e quebra a cara, e ai sim aprende que aquilo era errado, a dor é necessária.
E nesse caso a frustração também é necessária, pra mim se você fez P, M ou O deve zerar o contador, você se sente um lixo, um fracasso mas isso vai servir pra você não querer recair de novo, em todas as minhas recaídas eu me lembrei de como me senti mal após recair e escapei de várias por isso, sempre pensava que não queria me sentir daquele jeito nunca mais, hoje mesmo vou zerar meu contador porque me masturbei ontem, mesmo sem porno, é uma merda zerar isso mas também cada vez que eu vejo que o contador esta no começo eu vejo que eu sou um merda e preciso parar já com isso.
Aí, Admin. Agora que você falou ficou mais fácil de entender. Antes de mim publicar a mensagem tão criticada pelo projetosabedoria, eu nem imaginava que a frustração que a queda gera é boa. Como você disse, a frustração que nos faz mudar, e você deu um ótimo exemplo falando da reprovação dos alunos lá na escola. Mas mesmo assim eu tenho uma dúvida. Se você vê uma imagem na internet, que você não foi lá para procurar aquilo, e é de sexo explícito, se você ficar olhando para ela por um tempinho, ficando um pouco excitado e depois parar, é recaída? Porque ontem eu estava mexendo no facebook e vi uma imagem de sexo com tarja nas partes íntimas, então eu vi nos comentários e estava a imagem sem tarja, aí eu fiquei olhando para ela por uns segundos, fiquei excitado pra caramba, mas eu parei e depois não fiz mais nada, o que acha, foi uma recaída?

Admin, eu acho que o projetosabedoria fez essa discussão toda só para sair do fórum e começar com o projeto do "debate regrado" que ele disse, pois ele até tirou o link do fórum na seção fóruns do seu site.
Guilherme
Guilherme

Mensagens : 127
Reputação : 26
Data de inscrição : 07/04/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Nada como um dia após o outro... Empty Re: Nada como um dia após o outro...

Mensagem  Admin em Sex Maio 23, 2014 9:10 pm

Não sei responder se isso é recaída, mas acho que o importante não é ficar tentando chegar a conclusões do que é e o que não é recaída, o importante é você focar em evitar ao máximo tudo que possa causar estimulo sexual, se você ficar olhando pra uma foto é certeza que irá ficar com uma puta vontade de se masturbar, talvez pra um cara que não seja viciado em porno isso não seja um problema agora pra nós que somos é um problemasso, eu mesmo já tive recaída por causa de uma foto, entrei em um site e vi uma foto e fiquei olhando pra ela e ai fodeo tudo, quando ver algo que possa te levar a ter uma recaída feche a pagina na hora, não fique se desafiando, o melhor a se fazer é evitar sites que possam ter coisas que levem você a fantasiar, eu mesmo parei de acessar um site que eu curtia bastante porque sempre aparecia fotos de mulheres semi nuas e basta isso pra eu ficar o dia todo pensando, na verdade a melhor orientação é sair de de casa, acho que nunca vai ter algo mais forte do que isso pra evitar o porno, fora de casa você não vai ter recaída alguma e você vai esquecer dessa coisas.

Quanto ao projetosabedoria eu nem tinha visto que ele tirou o link do site, sinceramente eu não estou com paciência pra me importar com essas coisas, o foco dele é diferente do meu e eu respeito isso, se ele quer criar um fórum direcionado com outro tipo de discussão eu até apoio ele, eu nunca vou criticar alguém que tem como objetivo desenvolver um estudo sobre algo, meu foco não é desenvolver nenhum estudo sobre pornografia e suas consequências ou gerar apenas discussões que levem a uma conclusão inédita, meu foco é e sempre sera um espaço onde as pessoas poderão buscar ajuda, obter informações, desabafar e conversar com outras pessoas que passam por esse problema, eu acredito muito no potencial desse fórum, ando meio sem tempo de entrar aqui mas sempre que entro vejo o pessoal conseguindo atingir períodos afastados do PMO que nunca tinham conseguindo antes, eu mesmo só atingir minha marca de 15 dias após criar esse fórum, antes não conseguia ficar nem 2 dias, as recaídas estão acontecendo mas o importante é identificar onde estão as falhas e corrigi-las.

_________________
Nada como um dia após o outro... 1jqlqvwzbb4
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 111
Reputação : 19
Data de inscrição : 24/02/2014

https://apoio.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Nada como um dia após o outro... Empty Re: Nada como um dia após o outro...

Mensagem  silvass em Sab Maio 24, 2014 5:19 am

Guilherme

Eu acho que isso pode ser caracterizada como recaída, pois você ficou excitado com a imagem. Isso excitou a rede neural que reponsavel por te deixar excitado com uma imagem e nao uma mulher real. Eu acho isso. Mas isso vai de cada um. Eu, por exemplo, estou tentando, não olhar para mulher nenhuma na rua. O meu objetivo nessa primeira fase é cessar todos os estimulos sexuais para o meu cerebro, para que ele possa se restaurar rapidamente.


silvass

Mensagens : 44
Reputação : 5
Data de inscrição : 18/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Nada como um dia após o outro... Empty Re: Nada como um dia após o outro...

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum